“A Roda de Samba do Caraminguá”

Show Musical de Bia Bedran

 

“O espetáculo, com roteiro, interpretação e direção de Bia Bedran, tem o formato de uma grande roda de choro e samba e conta com a participação de músicos convidados especializados no gênero..

Tendo como pano de fundo o enredo de seu mais novo livro infanto-juvenil lançado pela Ed.Nova Fronteira intitulado “O Caraminguá”, Bia narra as aventuras de um menino chamado Jorginho que nasceu numa roda de samba e é apaixonado pelas músicas que escuta através do trabalho de seu pai, que é um mestre do cavaquinho. Um dia, Jorginho ouviu seu pai dizer que não daria para gravar seu samba sem um caraminguá. Mas o que seria um “caraminguá”? Como Jorginho poderia conseguir um para o pai? Enquanto a história de Jorginho acontece, Bia vai desenrolando no fio de sua narrativa diversas pérolas de nossa música brasileira, canções que o personagem do livro gosta e costuma ouvir, de compositores como Pixinguinha, Villa-Lobos, Ernesto Nazareth, Cartola, Chico Buarque, Vinicius de Moraes, Braguinha…


Os músicos interpretam as canções pontuando continuamente a narrativa, como se todos estivéssemos numa grande “roda mágica de música”, segundo expressão usada pelo próprio personagem Jorginho.

Não poderiam faltar no roteiro do espetáculo sucessos de sua carreira, que Bia Bedran interpreta fazendo o papel da mãe de Jorginho, que no livro é professora, contadora de histórias e adora cantar nas rodas de choro e samba. Não é mera coincidência… É um grande encontro da literatura com o teatro e a música, numa linguagem artística conquistada por Bia Bedran ao longo de tantos anos de carreira, linguagem esta que contempla adultos e crianças de todas as idades.Foto: Paulo Rodrigues.

 

FICHA TÉCNICA

Texto , roteiro, interpretação e direção: Bia Bedran

Músicos: Voz e violão – Bia Bedran

Cavaquinho e voz – Daniel Scisínio

Flauta – Alexandre Maionese

Clarinete e percussão – Ivan Mendes

Violão sete cordas – Patrick Angello

Percussão – Paulão Menezes e Dinho Rosa

Bandolim – Tiago Souza

Violino – Guilherme Bedran

Fotos – Paulo Rodrigues

Criação de luz – Djalma Amaral

Classificação etária – Livre

Duração – 75 min

Produção – Maurício Ribeiro

 

Logo m3 Agência Digital